• Portal

Acesso ao Crédito

Programas da Agência Fomento

1. Banco do Empreendedor - Paraná Juro Zero

Poderão ter acesso a linha de financiamento Crédito Solidário – Paraná Juro Zero as pessoas físicas e os empreendedores envolvidos em iniciativas voltadas à Economia Solidária e que são atendidos pelo Programa Família Paranaense. Coordenado pela Secretaria de Estado e Desenvolvimento Social - SEDS, e pelas Prefeituras Municipais. O Programa Família Paranaense atende as famílias em situação de vulnerabilidade e risco.

2. Banco do Empreendedor - Taxista

A linha de financiamento “Banco do Empreendedor – Taxista  é um produto orientado a atender a demanda de recursos destinados ao financiamento da aquisição e/ou adaptação dos veículos utilizados na prestação de serviços de táxi nos municípios paranaenses bem como incentivar a capacitação destes prestadores de serviço mediante oferta de condições especiais crédito.

Beneficiários: Pessoas físicas, titulares de autorização, permissão ou concessão do Poder Público para exercer, comprovadamente, em veículo de sua propriedade, a atividade de condutor autônomo de passageiros, na categoria Táxi, devidamente registrado nos órgãos municipais competentes que regulam a atividade de taxista.

3. Banco do Empreendedor - Microcrédito
O programa Banco do Empreendedor Microcrédito é uma linha de  crédito desenvolvida pela Fomento Paraná para apoiar o crescimento e fortalecimento de pequenos negócios.

4. Banco de Empreendedor Micro e Pequenas Empresas
Objetivo: Apoiar financeiramente a modernização e expansão das Pequenas Empresas do Estado do Paraná.

5. PROCRED - Programa de Apoio às Cooperativas de Crédito


É um programa de apoio financeiro para as Cooperativas de Crédito Singulares e Centrais de Cooperativas de Crédito localizadas no Estado do Paraná.

Beneficiários: São beneficiários das operações de crédito: cooperativas de crédito singulares de empresários e empreendedores - exceto rurais - e suas centrais.
São beneficiários finais: micro e pequenas empresas cooperadas dos ramos industrial, comercial e de serviço.

Condições do financiamento para o beneficiário final: O interessado deve procurar sua cooperativa de crédito que, caso tenha obtido financiamento da Fomento Paraná, poderá informar as condições vigentes para a sua necessidade.

6. BNDES P.S.I. – Bens de Capital (AGÊNCIA FOMENTO/REPASSE)

Esta é uma linha de financiamento do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, e foi criada para estimular a produção, a aquisição e exportação de bens de capital.

A Fomento Paraná é uma das instituições financeiras responsáveis por fazer o repasse dos recursos para as empresas para a aquisição de máquinas e equipamentos novos, de fabricação nacional, que estejam credenciados no BNDES.

Quem pode obter o financiamento: Empresas (pessoa jurídica) do setor de indústria, comércio, serviços e agropecuária, de micro, pequeno, médio e grande porte, que necessitem de financiamento para melhorar ou ampliar seus ativos em máquinas e equipamentos.

7. FINEP - Inovacred (AGÊNCIA FOMENTO/REPASSE)

A Fomento Paraná repassa linha de financiamento da FINEP, com objetivo de aumentar a competitividade das empresas, através da inovação de produto, processo,organizacional ou no marketing. para pequenos negócios. Para os pequenos negócios, há financiamento até 90  % , com contrapartida de pelo menos 10% do empreendimento de pequeno porte. O prazo de financiamento, bem como a carência meses, incluído o prazo de carência, de até 24 (vinte e quatro) meses. A taxa de juros é de dependem de análise do projeto. Contudo, o prazo total de pagamento é de até 96 (noventa e seis) longo prazo. Há cobrança de taxas de serviço. Os recursos são liberados semestralmente e à medida que os relatórios são apresentados e aprovados. É necessário aval dos sócios e garantias reais, representadas por hipotecas imobiliárias ou alienação fiduciária.

8. BNDES Automático (REPASSE)

Esta é uma linha de financiamento com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, na qual a Fomento Paraná atua como agente financeiro no repasse dos recursos para as empresas em projetos de investimento no Estado cujo valor seja inferior ou igual a R$10 milhões.

Quem pode obter o financiamento: Empresas (pessoa jurídica) do setor de indústria, comércio, serviços e agropecuária, de micro, pequeno, médio e grande porte que necessitam de financiamento para melhorar ou ampliar as atividades e a produção.

Programa BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul

1. Programa BRDE/Microempresa

Lançado em 2012, tem como beneficiárias as empresas enquadradas como Microempresas ou Empresas de Pequeno Porte na definição da Lei Complementar 123.
O Limite mínimo das operações é de R$ 50 mil.

2. Programa BRDE/AGROPECUÁRIA

O agronegócio desempenha papel de extrema importância para a economia da Região de abrangência do BRDE, por isso o Banco oferece mecanismos de apoio à agricultura e à pecuária. Alguns projetos financiáveis dentro do agronegócio são irrigação, armazenagem, aquisição de trator e colheitadeiras, investimentos nos segmentos de aves, suínos, bovinos, caprinos, ovinos e outros. A avaliação dos impactos ambientais é primordial para a concessão do apoio financeiro.
Os beneficiários dos programas agropecuários são produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas, e cooperativas agropecuárias.
Operações de financiamento superiores a R$ 100.000,00 (cem mil reais) podem ser encaminhadas diretamente ao BRDE. Quanto aos demais projetos é necessário entrar em contato com as entidades conveniadas.

Sociedades de Garantia de Crédito (SGC)

A missão principal das Sociedades de Garantia de Crédito (SGC) é contribuir para facilitar o acesso ao crédito das micro e pequenas empresas (MPE) e dos micro empreendedores individuais (MEI). Esse objetivo é materializado por meio da concessão de cartas de garantia complementares para seus associados.
As cartas de garantias fornecidas pelas SGC servem para lastrear as operações de crédito, tanto de capital de giro como de investimento.
As Sociedades de Garantia de Crédito também oferecem orientação e assessoramento gratuito para as empresas associadas na tomada de decisão relativa às linhas e condições dos financiamentos disponíveis adequadas às suas necessidades. Além disso, as SGC negociam com as instituições financeiras conveniadas melhores condições de prazo e juros em relação às praticadas pelo mercado para a concessão de crédito para os pequenos negócios.
Por fim, as Sociedades de Garantia de Crédito, em parceria com o Sistema Sebrae, fornecem assessoria administrativa, técnica, econômica, financeira, legal, e capacitam seus associados para otimizar a aplicação do crédito recebido e incrementar a gestão dos pequenos negócios.
Recomendar esta página via e-mail: